De O a 19 de Agosto de 2017
Fez muito bem em ter chamado a atenção para estes dois emplastros.

O primeiro, como locutor televisivo, é um verdadeiro horror. Faz caretas e tem saídas da casca que de tão ridículas não se suportam e ainda por cima tem a voz colocada 'lá em cima' a parecer um (falso) tenor com voz de falcete cujo timbre(?), como se depreenderá, é de fugir a sete pés. Não consigo ver os telejornais quando o homem está de serviço, se ele me aparece no écran mudo logo de canal.

Vá lá, uma coisa a seu favor, nas entrevistas a escritores que ele fez há uns tempos, nem ía mal de todo, as perguntas eram mìnimamente coerentes e ele não se armava em parvo nem fazia caretas e o tom de voz era normal. Devia dedicar-se a fazer só isso.

Quanto ao segundo, o Rodrigo, valha-nos Deus Nosso Senhor! Este é presumido, antipático, pouco culto, arma-se em pessoa muito importante... como se o fosse!, assume um ar superior quando transmite (mal) as notícias e não tem conhecimentos políticos, económicos e sociais suficientes para fazer entrevistas independentemente do seu teor, além de possuir um vocabulário paupérrimo e de não ter facilidade de expressão.

Irrita ouvir este jornalista, tal como o primeiro mas noutro sentido. Quando ele está de serviço e calha estar na SIC à espera das notícias, se a criatura me aparece pela frente mudo logo de canal.
Maria
De [s.n.] a 22 de Agosto de 2017
Olhe que aquele "O" que encima o meu comentário não tem nada a ver com o meu nome, como saberá. Nem sei por que razão ele apareceu lá. Que esquisito. Coisas do Sapo? Da internete? Não faço ideia, só sei que ele está a mais.
Maria
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.