5 comentários:
De M.Martins a 7 de Março de 2014
Eu sou Português e tenho orgulho em o dizêr,não acabei o curso secondario porque fui para a tropa.Sou Lisboêta tenho orgulho em o dizer sou um imigrante depois pérto de 50 anos tenho orgulho em o dizer,sou da Madragoa tenho orgulho em o dizer,andei a vender jornais quando éra miudo para poder andar na pendura,tenho orgulho em o dizer.Mas,não sou como aquele que nos apareceu no café ao lado do cinearte em Santos,muito bem vestido com uma pasta em coiro que se abriu acidentalmente com uma tábua da 4 clase.E le paradoxo é que ele tinha piolhos no colarinho!Foi capaz de ter um diploma num domingo,como o Sócrates que deixou o meu Portugal na miséria.
De Bic Laranja a 7 de Março de 2014
Andar à pendura era uma alegria.
Os piolhosos agora exibem ipads, uma espécie de ardósias da escola primária, mas com jogos tipo de computador. O Quitoso livra-os de mais vergonhas.
Grato pelo seu comentário.
Cumpts.

P.S.: Há-de haver por aqui algumas (fotografias) do Cinearte de há perto de 50 anos que
De Bic Laranja a 7 de Março de 2014
... que mereçam a pena publicar.
De tron a 11 de Março de 2014
Portugal é o único país que tem festejos de carnaval e onde a data nem sequer é feriado municipal, porque por exemplo até na gelada Alemanha é feriado e nos EUA, na etílica (e não só) Mardi Gras de Nova Orleães é feriado estadual em toda a Luisiana
De Bic Laranja a 15 de Março de 2014
Países mandriões, esses.
Cumpts.

Comentar