8 comentários:
De zazie a 11 de Fevereiro de 2016
ahahaha Este já não é fascista nem colonialista, nem racista

":O))))))))
De Bic Laranja a 12 de Fevereiro de 2016
Que nada! Um panfletário de Salazar servido democràticamente ao povo, imaculado.
Cumpts.
De ainda a 11 de Fevereiro de 2016
Humberto Delgado

A versão em português, em:
https://pt.wikipedia.org/wiki/Humberto_Delgado
De Costa a 11 de Fevereiro de 2016
Leio noutro local que figura grada ligada ao PS - e a quem ocorrerá, todavia, parar para pensar - terá indicado o nome de Gago Coutinho como apropriado (se "de Lisboa" ou "da Portela" não bastassem). Gago quem?...

Não se lhe conhece "mística antifascista"... Não existe.

Quanto ao resto, os passados (como bem se sabe) apagam-se, modelam-se e remodelam-se como conveniente. O povinho, que de literacia tem a capacidade de assinar laboriosamente o seu nome, com letrinha de aluno da primária, nos intermináveis formulários em que exige ou suplica o auxílio do estado, nada sabe nem quer saber disso.

Quanto ganha o Ronaldo, quem escolheu o Jesus para o próximo jogo, que menina bonita da TV se meteu em mais esta ou aquela alhada com não sei que modelo masculino, quem vai entrar ou sair do "reality-show" do momento, quantos "likes" no "facebook" (para os tecnologicamente mais preparados). Eis tudo o que interessa.

E que o poder estremecidamente cultiva.

Costa (nada a ver, nada a ver)
De Bic Laranja a 12 de Fevereiro de 2016
A mística antifascista torna-o mais venerável do que Gago Coutinho. Problemas de obediência.

Quanto ao povinho, a obediência que segue é de rito me(r)diático, sim senhor.

Nada a ver, bem se vê.

De ribas a 15 de Fevereiro de 2016
Tudo que é fardas, mexe comigo.
Sejam eles Humbertos Delgados,Otelos ou Vascos.
Estas criaturas foram criadas apenas para mandar e não para serem simuladores. Cada um no seu lugar, quando alguém lhes impôs parangonas buriladas como modus operandi, tornaram-se zingarelhos.
De Bic Laranja a 15 de Fevereiro de 2016
Ricos dotes de oratória, é só o que lhe digo.
Cumpts.

Comentar