8 comentários:
De José Lima a 27 de Setembro de 2019
Lembro-me bem da Copersucar, mas já não me lembrava tão bem do seu desempenho. Estive a consultar a Wikipédia, e sendo certo que tal equipa nunca ganhou nada, em muitas ocasiões esteve muito longe de chegar depois do último - https://pt.wikipedia.org/wiki/Escuderia_Fittipaldi
De Bic Laranja a 27 de Setembro de 2019
É verdade! A piada ouvi-a há muito a um brasileiro e achei-a bem talhada.
O Sportem também anda longe de chegar depois do último (espero)…
Cumpts.
De José Lima a 27 de Setembro de 2019
A coisa explicar-se-á sabendo-se que ao tempo os brasileiros já estavam habituados a vencer na Fórmula 1 (Fittipaldi fora campeão do mundo em 1972 e 1974), pelo que os resultados obtidos pelo Copersucar lhes terão sabido a coisa pouca.
Nós portugueses, que tivemos de sofrer o Pedro Mattos Chaves, na Coloni, e o Pedro Lamy, já nem sei onde, é que talvez tenhamos uma perspectiva diferente da coisa.
De Bic Laranja a 27 de Setembro de 2019
Sim. Faz sentido.
Também tivemos o Nicha Cabral…
Cumpts.
De [s.n.] a 27 de Setembro de 2019
Fora do tema...

Anda aqui (à minha frente) um post-it na minha mesa de trabalho há semanas para ver se não me esqueço dia de amanhã:)
Maria
De Bic Laranja a 27 de Setembro de 2019
(Desgraçado descuido, o meu!)

De pedro jaime a 27 de Setembro de 2019
keijo, keijo rosberg
De Bic Laranja a 27 de Setembro de 2019
Ah pois era. Mmm...as é que era mesmo.
Abraço.

Comentar