De [s.n.] a 15 de Março de 2020
Desculpe sair do tema, mas como sei que gosta da voz da Shirley Bassey e como não tem publicado ùltimamente vídeos de outras grandes cantoras desses tempos, eis por que lhe sugiro uma cuja voz ainda considero lindíssima e que foi um sucesso enorme em todo o mundo, Portugal incluído.

É um facto que estamos perante vozes belíssimas d'outrora, algumas dos anos 60/70 e talvez oitenta. Por isso lembrei-me de outra cantora fantástica com uma voz romântica maravilhosa, que sendo embora brasileira tinha o mesmo carisma e tanta ou mais sensualidade que a Bassey. Maysa Matarazzo.
Ouça-a nos primórdios da sua carreira, por exemplo no extraordinário "OIÇA" - uma da suas primeiras gravações, senão mesmo a primeira, que foi um exito estrondoso a nível mundial - Portugal incluído - e depois diga-me se gostou.
Maria
De [s.n.] a 16 de Março de 2020
Já a ouviu? Dê uma olhadela à genealogia de Maysa, 'tá bem?
Maria
De Bic Laranja a 16 de Março de 2020
Uma vida complicada!…
De [s.n.] a 18 de Março de 2020
Foi de facto muito complicada, como diz.

Vamos lá aclarar conceitos.
Maysa conduzia sózinha o carro que se despenhou. Após a autópsia não foi encontrada droga ou alcoól no sangue. Depois que ela se dedicou à vida artística, esse meio foi propício ao que se seguiu: alcoól, drogas, depressões e o progressivo declínio físico e intelectual.

O mal de Maysa foi ter-se separado do marido, que a adorava mas que não concordava que ela se dedicasse às cantigas. Porém o sucesso que obteve com a primeira canção OUÇA (ainda casada) e a chuva de propostas imeditas para actuar em espetáculos e gravar discos foram tantas que ela não resistiu. Maysa casou com dezassete anos e André Matarazzo tinha mais vinte.

Ao primeiro Matarazzo o Rei Victor Manuel outorgou o título de Conde, mas fê-lo só depois de Matarazzo ter-lhe prometido que doaria aos Estados Unidos dez milhões de dólares. E ele assim fez. Ele era imensamente rico, possuía mais de 100 milhões.

Maysa era doutra estirpe, os seus pergaminhos familiares vinham de séculos. O seu Bisavô paterno era Barão de Monjardim. Em São Paulo há Palácios (ela nasceu num deles - mais tarde transformado em Museu), Ruas e Largos que conservam o nome de família.

O 1º. Conde de Matarazzo era de tal modo rico e poderoso que mandou abrir uma avenida e construir um caminho de ferro que ligava directamente à sua imensa propriedade.

---
Ressalva: Maysa começou a escrever as letras das suas primeiras dezenas de canções aos 13 anos e não aos dezassete, conforme escrevi por distracção.
Maria
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.