6 comentários:
De Pedro Nogueira a 12 de Agosto de 2018
Nem mais.
Qualquer ditadorzeco ou revolucionário da treta de uma qualquer república das bananas, é ícone da cultura pop mas uma t-shirt com um qualquer Fallschirmjäger deve dar logo direito a cadeia.
Não defendo extremismos mas nunca entendi a impunidade da esquerdalha. Se se é comunista, não se pode ser democrata, logo, os comunas desta vida deveriam ser banidos e perseguidos em regimes democráticos, no mínimo de igual forma que são os de extrema-direita.
De Bic Laranja a 12 de Agosto de 2018
Os comunistas raramente são comunistas e nunca por nunca revolucionários extrema esquerda.
Já a direita (se a houver), só de o ser é fascista.
Cumpts.
De Joe Bernard a 12 de Agosto de 2018
Cada dia que passa mais enojado estou com esta gentalha...
O pior é que são uns ignorantes do caraças... não sabem sequer o que é comunismo e fascismo,filhos da mesma mãe...!!!
De Bic Laranja a 12 de Agosto de 2018
Não sabem nada. Vale-nos que são (ou produziram) a geração mais preparada — i.é, mais bem... — de sempre.
De sempre inclui o futuro. Mas amanhã ainda serão melhores.
Cumpts.
De [s.n.] a 13 de Agosto de 2018
A degradação deste regime/sistema atingiu o seu ponto máximo e desde há muito.

Os dirigentes que temos a desgraça de (mal) suportar, são do mais baixo nível e impossíveis de conceber numa Nação quase milenar.

A primeira página do Público é um verdadeiro nojo. É um ultrage e um total desrespeito para com os leitores que ainda se dignem comprar este jornal. E é-o mais ainda para com os portugueses em geral, crianças incluídas. Portugueses que não sendo seus leitores nem compradores do jornal, derem de caras com o dito numa qualquer banca de rua ou papelaria com a dita primeira página à vista de todos.

Bastaria este facto infame - e há outros a nível político talvez menos graves mas ainda assim importantes - para não haver dúvida de que estamos perante um nojo de jornal. Mas será que não existe um director e/ou chefe de redacção que seja responsável pelo que este jornal publica? Alguém que ponha cobro a semelhante indignidade? Se há, não parece.

Eu não compro este jornal desde há muitos anos. Aqui há tempos pensei voltar a adquiri-lo. Depois de ver esta vergonhosa primeira página jamais voltarei a fazê-lo.
Maria
De Bic Laranja a 15 de Agosto de 2018
O reles e ordinário alcatruzados ao bom gosto. O declínio é evidente. Só pobres de espírito podem andar contentes felizes com este estado de coisas. Tão contentes e felizes vão nele que o apregoam como a um novo evangelho. É como o mundo vai.
Cumpts.

Comentar