6 comentários:
De André Sousa a 25 de Maio de 2019
Edifício com história... algumas pérolas "à porta"!
Obrigado pela partilha.

Cumprimentos,
André Sousa
De Bic Laranja a 25 de Maio de 2019
Ministério das Corporações. Um mamarracho, acima de tudo. Aqui não ficou mal na fotografia.
O automóveis estacionados são hoje vistos com outros olhos. Imagino se os actuais serão assim vistos no futuro.
Mais adiante um moderníssimo «patinho feio» Porsche 914. Novíssimo na época.
Cumpts.
De André Sousa a 30 de Maio de 2019
Arrisco-me a dizer... um "CCB" da altura - um exagero meu, talvez.

Automóveis de hoje... nahhhh... seguem todos a mesma linha, ou moda, ou tendência (na onda da moda), ou "copismo".
Os mais marcantes são vendidos a peso de ouro, para bolsas diferentes.

Com mais atenção ainda vejo um "boca-de-sapo", um Volvo, ao lado do Porsche (correcto ?!), há uma traseira que me remete para a FIAT (124, será ?)... mas penso que havia um Datsun semelhante.

Tenho pena que a Morris já não esteja tão acessível - possibilidade de recuperação e permuta de peças - o meu TR6 gostava de andar mais... é o que é!

E assim se sai do tema "Praça de Londres à noite", hoje fui eu.

Mais uma vez, agradeço a partilha.

Cumprimentos,
André Sousa
De Bic Laranja a 31 de Maio de 2019
Exagera. O mamarracho das Corporações é perfume ante a horrenda construção ao estilo israelita tão a par dos Jerónimos. Não se compara esyerco com perfume, por mais enjoativo que este seja.

Há para ali um Cortina, uns Kadetts, uma Dyane, um ou dois Simcas… O Volvo pode bem ser um Peugeot.

Automóveis ingleses são uma complicação. Em Inglaterra ainda há umas coisas (lembra-me cá dos irmãos Rimmer). Entre nós haverá uns curiosos para restauros ou arranjos, mas a massa crítica é poucochinha.

Cumpts.
De André Sousa a 5 de Junho de 2019
"Coisas avançadas", diga-se desta forma!

Um 203, será (?), não lhe consigo ver o friso de tejadilho.

Deixei-me dos curiosos em Portugal... "falam falam, falam falam", mas para esticar a mão... mesmo quando fizeram asneira... sãos os primeiros.

A "bifalhada" não falha - pelo menos até agora - depois... há partilha de informação entre quem tem os TR6 e os Spitfire (ou qualquer Triumph), cá, os "especialistas" chamam-lhe "conhecimento adquirido não partilhado", enfim... por isso é que há TR6 parados... e uns (o meu!) a andar!

Cumprimentos,
André Sousa
De Bic Laranja a 6 de Junho de 2019
Muito certo. Muito certo.
Cumpts.

Comentar