De ASeve a 6 de Abril de 2016
Faz-me lembrar aqueles lá em Bruxelas e em Paris que depois da mortandade vão com bandeirinhas e florzinhas mas que horas antes passavam por alguém caído (ou não) no chão (velho, esfomeado, doente, miserável, sem abrigo ou similar) e seguiam em frente de nariz ao alto ignorando completamente...gente do caraças...
De Bic Laranja a 6 de Abril de 2016
Do caraças, sim. Já gente....
Cumpts.
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.