2 comentários:
De Inspector Jaap a 15 de Janeiro de 2015
Dita o uso, que nos nomes das pessoas o primeiro tem sempre prioridade; mas, como em todas as regras, esta também tem excepções: Ronaldo (Ó ou U, pouco importa, ou talvez não) elidindo quase completamente o “Questiano” é uma questão que só se põe mercê do servilismo bacoco com que a bovinotecnia nacional se submete aos primatas de além- atlântico; houve um RÓnaldo do lado de lá, logo o “Questiano” deixa de imediato de o ser porque aquele tem mais “nice”; quase que me apetece mandá-los a todos para o menhir da foto.
Cumpts
P.S. Note-se que em Inglaterra o homem é chamado pelo nome, já repararam? Nem tudo o que vem de lá é mau, portanto!
De Bic Laranja a 17 de Janeiro de 2015
É verdade. Só se firmou o segundo nome por cousa do brasileiro. Mas na bola os nomes são porque sim.
Cumpts.

Comentar