Quarta-feira, 27 de Agosto de 2014

Salazar e a cartilha

 Repito-me: testes de laboratório o comprovam; o mero enunciar do nome de Salazar provoca reflexos condicionados numa vasta legião de morcelas.
 E torno a repetir-me. O que novos testes de laboratório vêm mais e mais a provar é já nem ser preciso enunciar o nome de Salazar, basta referir qualquer coisinha que absurdamente avive nos bestuntos contemporâneos a ideia dos 48 anos de fâchismo, mesmo que não tenha nadinha que ver!...
 A última morcela a servir de cobaia nestes testes apresenta sêlo de garantia do I.S.C.T.E.



 Cá está o malvado Salazar.
 Ao que se diz, na verdade, antes se lhe deve a salvação ermida da Sr.ª da Saúde -- único edifício salvo da razia geral da baixa Mouraria -- justamente por devoção particular de Salazar.
 Quanto à demolição da Mouraria e alargamento viário da Rua da Palma, os projectos da C.M.L. vêm pelo menos dos anos 20. Uma busca rápida no arquivo municipal do Arco do Cego dá a prova.
 Que tem Salazar com as ideias progressistas da C.M.L. em 1926, afinal?


C.M.L., Arquivo do Arco do Cego, Estudos dos novos arruamentos entre o Poço do Borratém, ruas do Arco do Marquês de Alegrete e rua da Palma, 27/9/1926 (PT/AMLSB/CMLSB/UROB-PU/10/003/05, p. 2).


C.M.L., Arquivo do Arco do Cego, Anteprojecto de prolongamento da avenida Almirante Reis entre o Socorro e largo de São Domingos e da ligação da rua da Palma entre a Guia e o Poço do Borratém, 17/11/1926 (PT/AMLSB/CMLSB/UROB-PU/11/851, p. 1).

(Photo-montagem a partir do Livro das Fuças.)

Escrito com Bic Laranja às 17:37
Verbete | comentar
11 comentários:
De [s.n.] a 27 de Agosto de 2014
Ignorância e preconceito, é o que é. O que vale é que Salazar tinha as costas largas.
E para que a sua memória descanse finalmente em paz, a verdade sobre Salazar enquanto pessoa e enquanto governante, tem vindo a ser pouco a pouco reposta no seu devido lugar. Já era mais do que tempo. E ele, inteligente como era e patriota acima de tudo, tinha a noção de que isso mais tarde ou mais cedo iria acontecer, mas só após décadas de os seus inimigos - os verdadeiros traidores à Pátria - dando largas a um ódio incontido, terem difamado o seu nome e a sua pessoa. E ele sabia-o perfeitamente, ódio e inveja que os traidores lhe professavam pelo simples motivo de ter dedicado toda a sua vida a defender intransigentemente Portugal e os portugueses do verdadeiro Mal. O Mal que para nossa tremenda desgraça e infelicidade desmedida se instalou no nosso País no dia 25 de Abril de 1974 para nunca mais o abandonar. Até ver. Assim se espera e deseja.
Maria
De Bic Laranja a 28 de Agosto de 2014
É ignorância, um bom produto fomentado desde 74 e soprado 24 sobre 24 horas pelos foles da propaganda vigente.
E aos poucos todos os ignorantões aprenderão tanto que Salazar foi ditador, como que foi um ás do pedal conforme lhes zunam como prova que até ganhou a volta a portugal em bicicleta.
De caminho constará fielmente que o Joaquim Agostinho foi grande antifascista.
Cumpts.
De Marcos Pinho de Escobar a 27 de Agosto de 2014
Pois na época do malvado de Santa Comba os portugueses não tinham acesso aos iphones e ipads! Uma escandaleira!
Caríssimo: "isto" aqui vai de mal a pior...
Abraço amigo.
De Bic Laranja a 28 de Agosto de 2014
Nada! Quem fosse apanhado a enviar sms acabava no Tarrafal.
Cumpts.
De [s.n.] a 28 de Agosto de 2014
Ahahahah! Muito bem apanhado! Uma delícia. Ironia do melhor:)
Maria
De [s.n.] a 28 de Agosto de 2014
Leia-se: "... a sua memória seja preservada e a sua alma descanse finalmente em paz".
Maria
De [s.n.] a 28 de Agosto de 2014
De [s.n.] a 28 de Agosto de 2014
Caro BIC Laranja.... apesar de tecnicamente estarmos na III República, certo, certo é que só houve duas, a saber: "a longa noite" de 48 anos que bem esticados vão desde 1910 a 1974 e dai até à presente data....
Já não é a primeira vez que vejo esta confusão nas redes sociais e até em comentários nos jornais online... Salazar surgiu do nada... e porque sim... Para todos os efeitos nunca existiu tal coisa como a I República... qualquer dia ainda vão associar o Regicídio ao Estadista...
De Bic Laranja a 28 de Agosto de 2014
Está certo. El-Rei D. Carlos morreu por culpa do «ditador João Franco» que, sabe-se, foi admirado por Salazar.
E esta de João Franco não passar em R.T.P. nenhuma sem o epíteto «ditador» é outra.
Cumpts.
De Inspector Jaap a 2 de Setembro de 2014
Nesta actual arremedo de país, esta gente claramente menor precisa de «alavancar» esse fogo-fátuo que lhes emana do infecto bestunto em qualquer coisa de verdadeiramente sólido para fingirem que existem; para isso, nada melhor do que o grande Estadista, pois quem mais?! Se se lhes retirarem a alavanca, a imobilidade será absoluta, dai o salivar de que fala o caro Bic com toda a propriedade; é o mero instinto (estertor?) de sobrevivência, nada mais.
Cumpts
De Bic Laranja a 3 de Setembro de 2014
Realmente.
Cumpts.

Comentar

Setembro 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
17
19
21
23
26
29
30

Visitante


Contador

Selo de garantia

pesquisar

Ligações

Adamastor (O)
Apartado 53
Arquivo Digital 7cv
Bic Cristal
Blog[o] de Cheiros
Carmo e a Trindade (O)
Chove
Cidade Surpreendente (A)
Corta-Fitas(pub)
Delito de Opinião
Dragoscópio
Eléctricos
Espectador Portuguez (O)
Estado Sentido
Eternas Saudades do Futuro
Fadocravo
Firefox contra o Acordo Ortográfico
H Gasolim Ultramarino
Ilustração Portuguesa
Lisboa
Lisboa de Antigamente
Lisboa Desaparecida
Menina Marota
Mercado de Bem-Fica
Meu Bazar de Ideias
Paixão por Lisboa
Pena e Espada(pub)
Perspectivas(pub)
Pombalinho
Porta da Loja
Porto e não só (Do)
Portugal em Postais Antigos(pub)
Retalhos de Bem-Fica
Restos de Colecção
Rio das Maçãs(pub)
Ruas de Lisboa com Alguma História
Ruinarte(pub)
Santa Nostalgia
Terra das Vacas (Na)
Tradicionalista (O)
Ultramar

arquivo

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

____