6 comentários:
De Bic Laranja a 5 de Novembro de 2014
O primeiro «teleromance» a que se referem é a telenovela da Chuva na Areia, uma em que um certo Caniço acabou capado. Podia ser em memória dele que obliteraram o tracinho em tele-romance, mas nem isso; é antes a gadanha acordita que capa hífenes, capa consoantes e capa tudo a esmo e a eito.
De Inspector Jaap a 5 de Novembro de 2014
Pois, pois!
Palavras para quê?
Teleromance
Autorádio
Contrasenha…
São «artistas» portugueses (para sua grande vergonha) e só usam «pasta demencial coito»; é só ver a insanidade do que fizeram (sou bem-educado) à nossa querida Língua Portuguesa.
Biltres! Bicos-de-papagaio? Só se for naquele miserável bestunto.
Cumpts



De Joe Bernard a 5 de Novembro de 2014
Só tenho de concordar com os dois ilustres comentários que me antecedem.
Sejam bem-vindos!
Nem mais, com hífen e tudo!
De Bic Laranja a 8 de Novembro de 2014
:)
Cumpts.
De Zephyro a 9 de Novembro de 2014
Sem saberem escrevem como se escreveria se não tivessem existido todas essas reformas! Só prova que há coisas que saem naturalmente, sem qualquer submissão ao imposto artificialmente! No meio científico o que não faltam são power points com "carbohidratos" e "imunohistoquímica"!
De Bic Laranja a 13 de Novembro de 2014
Sai-lhes assim, é verdade. Domesticá-los é «sobrehumano».
Cumpts.

Comentar