6 comentários:
De José Lima a 24 de Dezembro de 2017 às 17:22
Aqui, é mesmo ignorância pura, mas sublinhe-se que a culpa principal disto nem sequer é de quem assim escreve...
De Bic Laranja a 24 de Dezembro de 2017 às 18:13
Pois não, não é. Mas estes que erram, se derem pela calinada, ainda são capazes de culpar algum ditador... Daqueles da longa noite, do analfabetismo é isso.

Feliz Natal!
De [s.n.] a 25 de Dezembro de 2017 às 07:59
Tenho dúvidas. Se transpusermos a frase para Latim, em que caso fica a expressão? No nominativo?! Não me parece...


Aproveito para reforçar os meus votos de Boas Festas!
De Bic Laranja a 25 de Dezembro de 2017 às 10:09
Boa! Com tamanho acerto só me admira como não deram a notícia toda em latim; com jornalistas latineiros assim, a ladainha por inteiro sairia tão naturalmente como dizer foruns.

Feliz Natal!
De Seve a 21 de Março de 2018 às 17:06
Cambada de ignorantes!

Aflitivo... e aquele do Brainstorm (dito com a estardalhaço adequado ao imbecil) que às vezes fala em Português.

E aquela ordinário-imbecil do cinco prá meia noite...
De Bic Laranja a 24 de Março de 2018 às 15:38
Branhestrume é bom português. Fino. Nem melhor poderia de sair das tempestuosas sinapses da Radiotelevisão Portuguesa.

Só talvez uma ordinário-imbecil esquerdóide às 5 para a meia-noite.

Portugal acabou.

Cumpts.

Comentar